Qualidade

 

A GBTX,Lda consciente da crescente competitividade do mercado e sector em que atua; sabendo que a excelência de uma empresa passa pelo conhecimento, compreensão e rápida resposta às necessidades dos clientes tem implementado um Sistema de Gestão que permite efetuar uma avaliação permanente dos fatores de dinamização da empresa.

Qualidade é a principal exigência da empresa tendo em vista a fidelização dos nossos clientes. Desta forma a GBTX tem implementado um Sistema de Gestão da Qualidade cumprindo com os requisitos da NP EN ISO 9001, baseando a sua política nos seguintes princípios:

  • Satisfação dos requisitos dos clientes, legais e da própria organização;
  • Conquista de novos clientes e mercados de valor acrescentado;
  • Excelência, qualidade e rigor no que se faz;
  • Envolvimento empreendedor dos colaboradores;
  • Gestão integrada, sustentável e responsável da cadeia de fornecimento;
  • Melhoria contínua da organização.

CERTIFICADOS DE QUALIDADE:

ISO 9001

A família da Certificação ISO 9000 aborda vários aspetos da gestão de qualidade e contém alguns dos padrões mais conhecidos das normas ISO. Os padrões fornecem orientação e ferramentas para empresas e organizações que desejam garantir que seus produtos e serviços atendam aos requisitos do cliente de forma consistente e que a qualidade seja consistentemente aprimorada.

A norma ISO 9001 baseia-se em vários princípios de gestão da qualidade, incluindo um forte foco no cliente, a motivação e envolvimento da gestão de topo, a abordagem por processos e a melhoria contínua.

OEKO-TEX® STANDARD 100 – Class of products I

O OEKO-TEX® Standard 100 é o sistema de certificação ecológico mais importante a nível internacional, que testa a presença de substâncias tóxicas nos produtos finais e acessórios têxteis. O objetivo é que os produtos sejam isentos de substâncias nocivas para saúde humana.

Todos os produtos têxteis com este certificado foram otimizados e testados para garantir que cumprem a extensa lista de critérios definidos por um dos 15 institutos de pesquisa e membros da Associação Internacional OEKO-TEX®.

SMETA

A SMETA audita todos os procedimentos relacionados com as boas práticas de responsabilidade social e princípios éticos, recorrendo a uma metodologia baseada no código Ethical Trading Initiative (ETI) – Iniciativa de Comércio Ético (ICE) – tendo em conta a legislação nacional como principal ferramenta.

Esta metodologia baseia-se em quatro princípios:

  • Saúde e Segurança;
  • Normas Laborais;
  • Meio Ambiente;
  • Ética Empresarial.

A política de Responsabilidade Social da GBTX, Lda está alinhada com as seguintes referências:

  • ETI Base Code;
  • SMETA Best Practice Guidance;
  • SMETA measurement Criteria.

 

Tendo em conta as crescentes preocupações com o meio ambiente e sustentabilidade, a GBTX possui certificação nos seguintes referenciais:

 

GOTS

 

         

 

A certificação GOTS (Global Organic Textil Standard), norma líder mundial, garante o estatuto de têxtil orgânico desde a colheita de matéria-prima passando por uma produção ambiental e socialmente responsável até à rotulagem. É apoiada por uma certificação independente de toda a cadeia de distribuição têxtil.

Esta é a ferramenta para um entendimento comum internacional relativamente aos sis­temas de produção “amigos” do ambiente no sector têxtil orgânico, a fim de fornecer uma garantia credível para o consumidor final.

O GOTS focaliza-se apenas em critérios obrigatórios, abrange o processamento, fabricação, embalagem, rotulagem, comercialização e distribuição de todos os produtos têxteis fabricados a partir de pelo menos 70% de fibras naturais orgânicas certificadas. São definidos critérios aplicáveis à fibra, aos produtos químicos, a várias etapas do processo produtivo têxtil, incluindo embalagem e expedição, aos acessórios usados, à gestão ambiental, à garantia da qualidade e à responsabilidade social.

 

 

OCS

                                 

A certificação OCS (Organic Content Standard) garante a confiança relativamente ao conteúdo de matérias-primas de origem orgânica, assegurando a rastreabilidade e integridade das matérias-primas durante todas as fases de fabricação, desde a origem até ao produto final. 

Esta norma desenvolvida pela Textile Exchange Organization depende de uma verificação realizada por terceiros para validar que um produto final contém a quantidade precisa de um material cultivado organicamente.

O OCS focaliza-se em critérios obrigatórios que abrangem o processamento, fabrico, embalagem, rotulagem, comercialização e distribuição de todos os produtos que contenham na sua composição entre 5% e 100% de fibras naturais orgânicas certificadas. São definidos critérios aplicáveis à fibra, e a várias etapas do processo produtivo têxtil incluindo embalagem e expedição.

 

GRS

A certificação GRS (Global Recycle Standard), destina-se a produtos que contém pelo menos 20% de material reciclado, garantindo o estatuto de têxtil reciclado desde a fase de reciclagem até ao último vendedor na transação business-to-business. Trata-se de uma certificação que garante uma produção ambiental e socialmente responsável até ao cliente final, e é independente de toda a cadeia de distribuição têxtil.
 

       

Esta é a ferramenta para um entendimento comum internacional relativamente aos sis­temas de produção “amigos” do ambiente no sector têxtil orgânico, a fim de fornecer uma garantia credível para o consumidor final.

 

Além destas certificações a empresa é membro registado no portal BCP, podendo desta forma processar encomendas BCI (BETTER COTTON INICIATIVE).